1.   
    Home
  2.  > 
    Descubra
  3.  > 
    Internet vira o novo normal

Descubra 17/05/2020

Internet vira o novo normal

Rede mundial passa pelo teste no Brasil e transforma hábitos durante a pandemia

Há 14 anos, em 17 de maio de 2006, a Organização das Nações Unidas (ONU) decidiu criar o Dia Mundial da Internet para marcar a importância da inclusão digital na vida das pessoas. Por mais complicado que seja analisar com precisão os próximos meses ou anos, é fato que a imersão no universo eletrônico, muito acentuada por causa da pandemia atual, deve continuar em alta, e mudar por completo de patamar. Empresas migraram seus funcionários para o home office e vários setores conseguiram manter a mesma produtividade. Com alguns gargalos aqui e outros acolá, os estudantes, inclusive das escolas públicas, também passaram a ter aulas remotas. Amigos e familiares começaram a se conectar em datas comemorativas por meio de aplicativo de reuniões virtuais por vídeo que, antes, estavam restritos ao mundo corporativo. As pessoas, em casa, também estão gastando mais tempo se informando ou se divertindo por serviços de streaming.

Recorde de tráfego

Em se tratando de Brasil, uma das grandes preocupações dos consumidores de internet no começo do período de distanciamento social, em meados de março, era com a capacidade da infra-estrutura instalada no País. Algumas semanas se passaram e os resultados mostraram dois processos. Houve uma demanda maior sobre a internet nacional e, ela deu muito bem conta do recado. Segundo números divulgados pelo Comitê Gestor da Internet do Brasil, órgão multissetorial responsável pelas estratégias gerais da internet brasileira, ocorreu um aumento contínuo de tráfego de conteúdo desde março. O pico de 11 terabits por segundo foi atingindo pela primeira vez em 23 de março e, depois, no dia 6 de maio. Antes da pandemia, os momentos de maior tráfego na rede não passava dos 9 terabits por segundo. Se antes o uso doméstico era mais intenso entre 20 horas e 22 horas, atualmente, a faixa está bem mais elástica, com grande quantidade de tráfego no período da tarde.

Novos hábitos

Os números compilados pela Ebit/Nielsen traduz o registro dos picos de tráfego na internet brasileira. Com relação ao Dia do Consumidor, que ocorre na segunda semana de março, os pedidos de compra cresceram 18% em relação ao ano de 2019. Houve uma movimentação financeira no varejo online da ordem de R$ 1,41 bilhões. Se os novos hábitos dos consumidores vão se manter depois que as medidas de flexibilização do distanciamento social começar, o que ainda não tem uma data definida para ocorrer, ainda é difícil prever, segundo as empresas e especialistas do setor. Mas algumas áreas já experimentam parte da realidade moldada pelo chamado novo normal. As pessoas estão comprando mais pela internet principalmente em plataformas de educação a distância, nas lojas online dos supermercados e em sites de produtos de higiene e de saúde ligados às redes de farmácias. Neste primeiro momento, depois da eclosão da pandemia, a mudança de comportamento do consumidor está atrelada à preocupação com a contaminação ou transmissão do novo coronavírus. Muitos estão trocando a presença das lojas físicas pela segurança do lar. O que faz com que as empresas de comércio eletrônico tenham que reforçar suas estratégias de compra e, também, de segurança cibernética, para que, no futuro próximo, o consumidor continue fiel às compras pela internet. A tendência também é que ele continue cada vez mais exigente, com uma preocupação maior pela qualidade dos produtos que serão entregues na casa dele. Seguindo essa tendência, e buscando se adaptar aos novos tempos, a Hyundai Motor Brasil decidiu inovar no jeito de vender. Agora, é possível comprar seu carro novo 0km sem sair de casa, por meio do Hyundai Express. Esse novo serviço garante uma experiência completa, que vai desde a escolha do veículo, além da forma de pagamento, simulações de financiamento, avaliação do veículo seminovo do consumidor. A montadora leva o modelo do carro – todo higienizado - até a casa do consumidor para que ele possa fazer o test-drive, e depois de efetuada a compra, a montadora também entrega o novo veículo limpinho no endereço indicado.

Confira aqui mais detalhes sobre o Hyundai Express.

Sigam as nossas redes:

Veja também