1.   
    Home
  2.  > 
    Hyundai Explica
  3.  > 
    Como funciona o controle eletrônico de estabilidade (ESP)?

Hyundai Explica 20/01/2021

Como funciona o controle eletrônico de estabilidade (ESP)?

insulfilm permitido por lei
ESP HB20

A segurança é o aspecto mais importante para a experiência em um carro. Por isso, a Hyundai aplica muito tempo e pesquisa no desenvolvimento de seus modelos, equipando tecnologias fundamentais à proteção dos ocupantes — e, hoje, falaremos sobre uma delas. Afinal de contas, você sabe o que é e como funciona o controle eletrônico de estabilidade? Caso não, tudo bem. Apesar de crucial para a segurança automotiva, essa tecnologia frequentemente passa despercebida pelo consumidor, mas é hora de mudar tal realidade. Então, não perca tempo e acompanhe!

O que é o controle eletrônico de estabilidade?

Assim como muitas outras tecnologias automotivas, o controle eletrônico de estabilidade também é conhecido por suas siglas: ESP e ESC, abreviando Electronic Stability Program e Electronic Stability Control, respectivamente. O objetivo dessa tecnologia é monitorar a trajetória e o comportamento do veículo na estrada. Se o sistema identificar alguma anomalia, como a perda de tração, os freios são estrategicamente acionados para diminuir a velocidade e reaver o controle do carro ao condutor. Logicamente, essa é uma explicação simplificada de toda a rotina sensorial, computacional e mecânica que é comandada pelo módulo desse sistema. No entanto, é um resumo bastante visual e prático sobre a funcionalidade que tal tecnologia oferece no seu dia a dia. Por isso, trata-se de um recurso importante para a segurança de qualquer veículo moderno. Inclusive, é por essa razão que o controle eletrônico de estabilidade passará a ser uma tecnologia obrigatória no mercado brasileiro a partir de 2022. Como sempre, a Hyundai promove o pioneirismo quando falamos de segurança. Atualmente, a tecnologia já é encontrada mesmo em nossos modelos de entrada. Ou seja, você já pode ter um carro com esse recurso mesmo nas versões iniciais do HB20 da nova geração. Afinal de contas, a segurança não é algo que pode se restringir atrás de uma etiqueta de preço. Por isso, ainda os nossos veículos compactos já saem de fábrica com itens diferenciais para sua segurança nas estradas, como freios ABS, sistema ESP, iluminação DRL e daí adiante.

Quais as vantagens de contar com essa tecnologia?

Segurança, controle e economia. Da forma como percebemos, essas são as principais vantagens de rodar em um veículo equipado com o controle eletrônico de estabilidade. Abaixo, explicamos cada um desses pontos com mais detalhes. Dê uma olhada!

SegurançaA começar pelo fator mais imediato de todos. Como você pôde notar, o controle eletrônico de estabilidade é um recurso de segurança passiva — ou seja, a tecnologia existe para evitar que acidentes aconteçam. Por isso, a principal vantagem dessa ferramenta é proteger os ocupantes. Para tal, a tecnologia monitora a inclinação do veículo, o ângulo dos pneus, a trajetória da curva, a velocidade e muito mais. Com essas informações, o sistema identifica situações em que você perde o controle para rapidamente entrar em ação e recuperar o comando para a sua condução.

ControleComo destacamos inicialmente, reaver o controle do veículo para suas mãos é o principal objetivo técnico do ESP. No entanto, também enfatizamos a noção de controle que o próprio condutor percebe sobre o seu carro. Com essa tecnologia, a experiência de direção se torna mais prazerosa e menos tensa, pois você está ciente de que o veículo fica sob constante vigilância. Inclusive, testar o controle de estabilidade, em uma área apropriada, é uma excelente maneira de aprender e conhecer mais sobre o sistema. Afinal de contas, é difícil colocar em palavras o potencial salva-vidas de tal tecnologia. No entanto, é notável em uma experiência de condução como esse recurso está sempre atento para ajudar, ajustando a trajetória a curvas bruscas e asfaltos lisos.

Economia Por último, mas também importante, ressaltamos o fator economia. Contudo, esse é um aspecto subjetivo. Por si só, o controle eletrônico de estabilidade não é capaz de reduzir o seu consumo de combustível, por exemplo. Mas a tecnologia consegue interferir, mesmo que indiretamente, na sua economia. O sistema é crucial para evitar acidentes, tanto leves como graves. Isso, invariavelmente, significa menos despesas e incômodos com procedimentos de manutenção do carro, indenização e seguro.

Quais modelos oferecem o controle eletrônico de estabilidade?

Para encerrar, vale a pena falar um pouco mais sobre os principais modelos equipados com tal tecnologia no mercado nacional. Por muito tempo, o sistema, assim como muitos outros relacionados à segurança, estava restrito a modelos maiores e, consequentemente, mais caros. Aqui, falamos especificamente de sedans médios, grandes SUVs e até alguns esportivos. Porém, a Hyundai enxergou a necessidade de antecipar a promoção de segurança no mercado brasileiro — reconhecendo a importância desse item já obrigatório na Europa há um bom tempo. Por isso, no Brasil, o consumidor que deseja um carro absolutamente seguro desde a linha de entrada pode fazer isso dentro do lineup Hyundai. Afinal de contas, o nosso modelo de base, o compacto e querido HB20 da nova geração, já vem equipado, em todas as suas versões, com esse recurso tecnológico. Aqui, é interessante dar um destaque especial às principais variações da família HB20, o sedan HB20S, o aventureiro HB20X e o apimentado HB20 Sport. Como sugerem os nomes, cada um chega com uma proposta diferenciada para encantar e atender o público. Em comum, todas as versões têm elementos fundamentais à segurança dos condutores. Dessa forma, os proprietários podem prestar atenção apenas naquilo que realmente importa, o trajeto e as experiências vividas dentro e perto de seu Hyundai. Além disso, vale fazer uma breve descrição sobre os modelos. Dê uma olhada: - HB20S — 475 litros de porta-malas, seis opções de cores, três de motorização e duas de câmbio; - HB20X — 300 litros de porta-malas, cinco opções de cores, uma de motorização e duas de câmbio; - HB20 Sport — 300 litros de porta-malas, quatro opções de cores, uma de motorização e duas de câmbio. Como pôde ver, o controle eletrônico de estabilidade é um recurso importante para a qualidade da sua condução nas estradas. Por isso, é fundamental considerar esse item um aspecto determinante na compra do seu próximo modelo. Agora que você já tem uma boa noção da importância do controle eletrônico de estabilidade para sua segurança, é momento de conferir essa tecnologia em ação. Para isso, convidamos você a entrar em contato conosco e agendar um test-drive na Hyundai mais próxima e ver isso em primeira mão!

Sigam as nossas redes:

Veja também