1.   
    Home
  2.  > 
    Hyundai Explica
  3.  > 
    Como funciona o assistente de partida em rampa

Hyundai Explica 14/01/2020

Como funciona o assistente de partida em rampa?

Novidade do HB20 Nova Geração, sistema mantém os freios acionados por dois segundos nas arrancadas em ladeiras

O velho truque de puxar o freio de mão em uma ladeira, ao parar em um semáforo ou fazer uma baliza, e soltá-lo na hora de arrancar, é coisa do passado no HB20 Nova Geração. Afinal, o assistente de partida em rampa é uma das várias novidades incorporadas pelo compacto fabricado na planta da Hyundai em Piracicaba (SP) – nos modelos HB20, HB20S e HB20X.

Mas você sabe como ele funciona? O sistema utiliza sensores de inclinação de carroceria, de marcha engatada e de força aplicada nas rodas para detectar quando o carro está parado em um aclive. E quem controla o acionamento dos freios é o controle de estabilidade (ESP) – por sinal, mais um importante item de segurança do HB20 Nova Geração. Se os sensores detectam que o carro parou em um aclive, quando o motorista libera o pedal, indicando que irá arrancar com o carro, os freios são mantidos acionados por dois segundos. Isso evita que o carro deslize para trás no intervalo até o motorista acionar o acelerador. O assistente de partida em rampa funciona nos modelos de câmbio automático e manual. Na prática, a vida do condutor fica muito mais confortável e segura: mesmo em uma situação de inclinação aguda, basta tirar o pé do freio e aplicar a força no acelerador, conforme a velocidade de arranque desejada. O único cuidado necessário é não demorar mais que dois segundos para acionar o acelerador. Se por algum motivo não for possível arrancar com o carro (como um pedestre atravessando na frente do carro de repente), deve-se pisar no pedal do freio novamente. O assistente de partida em rampa é mais um item na longa lista de comodidades oferecidas pelo HB20 Nova Geração, que inclui, dentre outros, piloto automático com limitador de velocidade, chave presencial Smart Key, monitoramento de pressão de pneus (TPMS), câmera de ré com monitoramento da traseira (DRVM) e o Smart Shift, a troca de marchas por alavancas no volante.

Sigam as nossas redes:

Veja também